histórias » publicações
 


BUMBA-MEU-BOI

Stela Barbieri
Ilustrações Fernando Vilela
Editora Girafinha, 2007

Existem muitas versões e nomes
diferentes para o bumba-meu-boi. Na
versão que Stela Barbieri e Fernando
Vilela recontam para o público infantil,
inspirada na versão maranhense do
auto, o boi tem o “courinho todo preto,
salpicado de colorido”, e encanta a
todos na festa de São João. Inclusive a
Mãe Catirina, que estava grávida e com
desejo de comer justamente língua de
boi. A história de como ela faz para
matar esse desejo e de como esse boi,
para alegria de todos, volta a urrar
é contada e reinterpretada desde o
século xviii no Brasil. Em cada região
do país a música, os personagens e até
mesmo o próprio boi ganham novas
características, o que permite que esse
folguedo seja até hoje, e em todos os
sentidos, tão popular.







                       
             
português | english créditos