histórias » publicações
 
A MENINA DO FIO

A história da princesa do fio reluzente na cabeça.

STELA BARBIERI sempre gostou de inventar histórias. Desde criança ficava imaginando várias aventuras, mas só começou a contar para os outros o que criava em sua cabeça quando cresceu. A tradição oral de diversas culturas é o que ela mais gosta de contar. A menina do fio é uma das muitas histórias que ela mesma inventou e contou diversas vezes antes de virar livro.

O livro:

Era uma vez uma linda princesa que nasceu com um fio de cabelo diferente no alto de sua cabeça. Não era cabelo, era mais duro que aço, reluzente e bem comprido. Ah, e o fio enroscava em tudo que era lugar, tornou-se uma baita dor de cabeça. Nada, nem ninguém conseguia arrancar o fio da cabeça da menina, que cresceu, transformando-se numa bela moça mas muito mal-humorada e triste.

De nada adiantavam os presentes que diversos cavalheiros ofereciam a ela, a princesa sempre os recusava e caçoava dos pobres homens. Mas um deles percebeu que ela não fazia isso por mal, e sim porque aquele fio ficava puxando sua cabeça para trás o tempo todo. Decidido, o rapaz seguiu o fio e foi desenroscando cada nó, cada volta, pacientemente, nos lugares mais distantes. Quando terminou de soltar todo o fio, a princesa percebeu que, pela primeira vez na vida, estava feliz.

E foi com esse cavalheiro que ela se casou. Mas a história não termina por aí, porque o fio continuou a crescer. Mas agora, ao invés de deixá-lo solto para se enroscar, a princesa teceu com ele roupas lindas e tecidos tão bonitos que as pessoas vinham de longe só para admirar.

As ilustrações do livro são do artista plástico Fernando Vilela.

Leia também:
Sonhando Histórias
Do livro Janelas da Imaginação

 

                       
             

português | english créditos